Powered by Jasper Roberts - Blog

Campanha pelas reparações de guerra chega ao Metro de Atenas

Os ecrãs de 35 estações de metropolitano da capital grega estão a passar um vídeo com imagens da ocupação nazi e a lista de reparações exigida à Alemanha, que tem recusado abrir negociações.

De acordo com a Agência France Presse, o vídeo tem apenas 50 segundos e começa com imagens dos aviões nazis sobre o Partenon e as palavras “II Guerra Mundial”, “Resistência” e “Não esquecemos”. Seguem-se fotografias a preto e branco a ilustrar os horrores da ocupação. Por fim, enumera algumas das exigências: reparação das perdas, pagamento das dívidas e das compensações às vítimas, devolução dos tesouros arqueológicos. No fim pode ler-se “Exigimos as dívidas da Alemanha”.

“O Ministro da Defesa encontrou-se em março com organizações que trabalham sobre a memória da II Guerra e a questão das reparações alemãs no sentido de promover iniciativas de divulgação do assunto e nasceu aí a ideia desta curta-metragem”, explicou à AFP Markos Charitos, membro da comissão parlamentar sobre as reparações de guerra.

Segundo o diário Ekathimerini, esta campanha de vídeos e posters do Conselho Nacional para as Reparações da Alemanha na II Guerra Mundial está presente em 100 locais dentro da rede de metropolitano desde o fim de abril. Todos os dias, os utentes do metro são confrontados com a dívida da Alemanha ao seu país, que o governo de Berlim recusa discutir, alegando que o assunto morreu num tratado assinado com as potências aliadas após a reunificação do país.

Rússia aceita pedido grego para abrir arquivos

Com o aniversário da II Guerra Mundial e as declarações do presidente alemão a defender que o seu país devia “considerar” as exigências da Grécia, o assunto das reparações de guerra tem estado sempre presente no discurso do novo governo. Esta semana, Moscovo aceitou o pedido do vice-ministro da Defesa Costas Icichos para que os investigadores gregos possam ter acesso a arquivos russos que ainda estão por estudar. O Ekathimerini diz que a embaixada russa em Atenas já terá fornecido uma lista com os arquivos que contêm documentos, fotografias e filmes para que possam ser usados no processo de negociações que a Grécia quer abrir com a Alemanha.

Comentários

comentários