Powered by Jasper Roberts - Blog

“Queremos chegar a um acordo até domingo”, diz porta-voz do governo

Gabriel Sakellaridis

No habitual briefing das quintas-feiras, Gabriel Sakellaridis diz que já é altura de passar ao papel todos os pontos acordados em Bruxelas. E que as declarações do governo alemão e do FMI – de que um cenário de conclusão do acordo não está à vista – têm por objetivo pressionar a Grécia a ceder mais.

“A equipa de negociadores gregos está em Bruxelas com o objetivo de concluir o acordo nos próximos dias”, afirmou o porta-voz do governo aos jornalistas, apontando o próximo domingo como data possível para a conclusão de um documento conjunto dos credores e do governo de Atenas.

O briefing das quintas-feiras à imprensa serviu para Sakellaridis comentar as reações da diretora-geral do FMI e do governo alemão às declarações confiantes dadas ontem por Alexis Tsipras.

“Pessimismo dos credores é para pressionar o governo a fazer mais cedências”

“É evidente que temos de enquadrar as afirmações que não partilham do otimismo do governo grego na atual fase no processo negocial e na tentativa de pressionar o lado grego a fazer mais cedências”, afirmou o porta-voz do governo.

Reagindo ainda a um relatório do Banco Central Europeu hoje apresentado por Vítor Constâncio sobre a possibilidade de bancarrota na Grécia, Sakellaridis respondeu que esse é um cenário que todos os lados procuram evitar e que terá o caixote do lixo como destino após a assinatura de um acordo que preserve a estabilidade das finanças gregas a longo prazo.

Comentários

comentários