Powered by Jasper Roberts - Blog

Em cada oito desempregados gregos, só um recebe subsídio

Foto Giacomo Gasperini

As estatísticas do desemprego na Grécia mantiveram em abril a tendência de quebra, indicando uma taxa de 21.7%.

O valor representa uma descida de 3.18 pontos percentuais em relação a março. Segundo os números oficiais, havia em abril 840.216 desempregados na Grécia, menos 27 mil do que em março. Quase metade são desempregados de longa duração.

Destes 840 mil desempregados, apenas cerca de 105 mil estão a receber subsídio de desemprego, ou seja, cerca de sete em cada oito desempregados registados nos centros de emprego não recebe qualquer apoio.

O número de desempregados que já desistiram de procurar emprego baixou para 148.366, menos 39 mil do que no mês anterior. No caso destas pessoas, os desempregados de longa duração também representam quase metade do total.

Os dados foram divulgados pelo Serviço Nacional de Emprego (OAED). As estatísticas do Eurostat apontam para um número bastante superior de desempregados. Os dados mais recentes, relativos a fevereiro, indicavam uma taxa de desemprego de 25,4% e 1.2 milhões de desempregados. A taxa de desemprego jovem (sub-25) era em fevereiro de 50.1% na Grécis, segundo o Eurostat.

Comentários

comentários