Powered by Jasper Roberts - Blog

Manifestação da oposição acaba em incidente diplomático

Manifestação a favor da proposta dos credores

A concentração de hoje na Praça Syntagma, sob o lema “Ficamos na Europa”, pretendeu dar resposta ao protesto antiausteridade da véspera, mas a mobilização não foi a mesma. O protesto juntou antigos ministros e atuais deputados da oposição, mas o apoio declarado à iniciativa por parte da delegação da Comissão Europeia em Atenas provocou irritação nas hostes do Syriza.

Segundo os números da polícia, cerca de 7000 pessoas concentraram-se esta tarde em frente ao parlamento grego, com mensagens contra o governo e o Syriza e a favor das propostas dos credores.

A convocatória da manifestação anunciava-se “apartidária” e “a favor do euro e da Europa”, mas entre os manifestantes estiveram vários deputados da Nova Democracia, Pasok e To Potami, bem como antigos governantes do país. A concentração decorreu de forma pacífica e sem presença policial, possibilitando aos manifestantes subirem as escadas do parlamento.

Nos cartazes, o tom das mensagens variou entre o europeísmo e o anticomunismo:

(O cartaz em grego diz “Não seremos o último soviete”)

A polémica estalou ainda a manifestação não tinha acabado, quando a delegação da Comissão Europeia em Atenas publicou nas redes sociais esta foto com o lema da manifestação.

De imediato surgiram dezenas de respostas a condenar a publicação e a acusar Bruxelas de interferir na política interna grega. Uma delas veio do responsável pelas relações internacionais do Syriza. Yiannis Bournous afirmou que a publicação “ultrapassa todos os limites éticos” por parte da delegação da Comissão Europeia na Grécia.

Comentários

comentários