Powered by Jasper Roberts - Blog

Tsipras: “Decisão do BCE é uma chantagem sobre o povo grego”

Alexis Tsipras na comunicação ao país de 28 de junho

Depois da recusa do Eurogrupo em prolongar o atual acordo até depois do referendo, a decisão do BCE de cortar o financiamento aos bancos gregos levou ao anúncio do encerramento dos bancos nos próximos dias e de limites aos levantamentos. Alexis Tsipras voltou a pedir aos chefes de governo da zona euro para deixarem de boicotar o processo democrático na Grécia.


Depois de ontem ter apontado baterias ao Eurogrupo por causa da recusa sem precedentes de estender o prazo do atual acordo, de forma a que os gregos pudessem votar sem constrangimentos se querem ou não aceitar a proposta dos credores, Alexis Tsipras reuniu este domingo o governo sobre a situação do sistema financeiro grego. Horas antes, o Banco Central Europeu anunciou que não levantaria o teto de liquidez da banca grega, apesar do clima criado pelos media de corrida aos multibancos neste fim de semana.

“Ficou agora bem claro que esta decisão não tem outro objetivo senão exercer chantagem sobre a vontade do povo grego e prejudicar o processo democrático deste referendo”, afirmou Tsipras após a reunião do governo. “A recusa de um pequeno prolongamento e a tentativa de acabar um processo democrático fundamental é um insulto e uma enorme vergonha para as tradições democráticas da Europa”, prosseguiu.

O primeiro-ministro grego anunciou ainda ter enviado aos outros 18 chefes de governo da zona euro, e também a Juncker, Schultz e Draghi, um pedido urgente de revisão da decisão dos seus ministros das Finanças no sábado. “Aguardo uma resposta imediata a um assunto fundamental para a democracia. Eles são os únicos que podem tão breve quanto possível, até mesmo esta noite, reverter a decisão do Eurogrupo e permitir ao BCE repor a liquidez aos bancos”, afirmou.

Tsipras declara feriado bancário e limites aos levantamentos

“A decisão do BCE de não aumentar a liquidez dos bancos gregos obrigou o Banco da Grécia a propor um feriado bancário e medidas de contenção nos levantamentos bancários”, anunciou Tsipras, sem especificar se os bancos permanecerão encerrados até ao referendo do próximo domingo. Sem confirmação oficial, os media vão falando de encerramento durante toda a semana e limites nos levantamentos até 60 euros diários por pessoa.

“Os depósitos dos cidadãos nos bancos gregos estão absolutamente seguros. O mesmo acotece com o pagamento de salários e pensões”, prosseguiu Tsipras, apelando à calma e serenidade dos gregos na semana que antecede o referendo.

Obama liga a Merkel para manter a Grécia no euro

A Casa Branca anunciou que o presidente norte-americano falou com a chanceler alemã sobre os últimos acontecimentos na Grécia. “Os dois líderes concordaram na máxima importância de fazer todos os esforços para regressar ao caminho que permita à Grécia prosseguir as reformas e ter crescimento no interior da zona euro”, diz o comunicado divulgado.

Angela Merkel tem marcado um encontro na segunda-feira com os líderes dos principais partidos alemães para discutir a crise precipitada pela decisão de sábado no Eurogrupo.

Comentários

comentários