Powered by Jasper Roberts - Blog

Dijsselbloem confia que os gregos irão escolher mais austeridade no domingo

Jeroen Dijsselbloem. Foto União Europeia ©

O líder do Eurogrupo disse aos deputados holandeses que a questão no referendo grego é saber se os eleitores dirão ‘Sim’ a mais austeridade. E voltou a ameaçar os gregos, dizendo que caso vença o ‘Não’ irão entrar “no desconhecido”.

Jeroen Dijsselbloem, que é ministro das Finanças na Holanda eleito pelos socialistas, disse hoje numa comissão parlamentar que no referendo de domingo os gregos irão dizer se aceitam sofrer mais austeridade com o acordo que os credores lhe propuseram. “Estamos dispostos a ajudar a Grécia (…) se a Grécia, os seus políticos e o seu povo estiverem dispostos a aceitar medidas desagradáveis”, resumiu o líder do Eurogrupo que desde a eleição do governo grego tem sido um dos principais adversários políticos de um acordo.

“Se não quiserem, não existe nenhuma base para um novo programa de ajuda e a questão será a de saber se existe uma base para que a Grécia se mantenha na zona euro”, prosseguiu Dijsselbloem, repetindo as ameaças que nos últimos dias têm sido feitas por outros responsáveis europeus que insistem na receita da austeridade na Grécia.

Comentários

comentários