Powered by Jasper Roberts - Blog

Governo cortou em mais de metade o número de assessores

Foto Left.gr

Em janeiro, o anterior governo da Grécia, formado pela Nova Democracia e o Pasok, contava com 1173 assessores, conselheiros, consultores e outros nomeados de confiança política.


Na semana passada, o ministro de Estado anunciou ao parlamento que o atual governo cortou em mais de metade o número de nomeações para os gabinetes dos ministros, vice-ministros, ministros adjuntos e secretarias-gerais de todos os ministérios.

“O governo cortou na despesa e gasta melhor o dinheiro público”, argumentou Nikos Pappas em resposta ao pedido de explicações de um deputado da Nova Democracia sobre as nomeações para os gabinetes governamentais. “Aqui estão os elementos que provam como o governo está empenhado a todos os níveis a limitar a despesa pública e a reduzir substancialmente os gastos em assessorias e contratações externas, comparando com os anteriores governos”, defendeu o ministro.

Nikos Pappas detalhou o número de assessorias por cada ministério e gabinete de secretarias-gerais, comparando-as com o governo anterior. Segundo números previamente divulgados pelo ministro do Interior ao parlamento, o número total de assessores passou de 1173 para 554 com o novo governo.

Comentários

comentários