Powered by Jasper Roberts - Blog

Sondagem: Syriza acima dos 40% das intenções de voto

sondagem metron 24 jul 2015

A projeção da sondagem Metron para o diário Parapolitika mantém a larga distância que separa o Syriza, com 41.2% e a Nova Democracia, com 21.9% das intenções de voto. 63% acham que Tsipras fez bem em aceitar o acordo em Bruxelas e 61% dão-lhe nota positiva como primeiro-ministro. É na pergunta “Euro ou dracma?” que surge a maior alteração em relação à sondagem de há quinze dias.

Seguem-se o Potami (7.5%), Aurora Dourada (6.6%), KKE (5.1%), PASOK (4,1%), União do Centro (4%), Gregos Independentes (3.4%), o Movimento de Socialistas Democráticos, do ex-primeiro-ministro e presidente da Internacional Socialista George Papandreou (1.6%) e a coligação da esquerda anticapitalista ANTARSYA (1.4%).

Na intenção direta de voto, o Syriza obtém 36.3%, a Nova Democracia 17.8%, seguindo-se o Potami (6.1%), Aurora Dourada (5.3%), KKE (4.2%), PASOK (3.6%), União do Centro (3.3%), MDS (1.3%) e ANTARSYA (1.1%).

Questionados sobre o desempenho de Alexis Tsipras como primeiro-ministro, 61% classificam-no de positivo, enquanto 36% acham que tem sido negativo. Ambas as respostas subiram 1 ponto desde que a mesma pergunta foi feita antes da cimeira de Bruxelas.

Quanto ao acordo em que o primeiro-ministro diz não acreditar e que foi obrigado a assinar para evitar a bancarrota descontrolada do país, 63% concordam que ele teve razão em aceitá-lo, enquanto 32% dizem que fez mal.

Apoio ao dracma aumenta, mas é maioritário apenas entre os eleitores da Aurora Dourada

A maior alteração na opinião dos inquiridos pela Metron em relação aos últimos meses é a questão “Euro ou dracma?”. O apoio à permanência na moeda única continua esmagador com 78% das preferências, mas cai 6 pontos em relação à última sondagem, publicada a 12 de julho. O dracma é a moeda escolhida por 19% dos inquiridos, uma subida de sete pontos em apenas duas semanas, atingindo o nível mais alto desde as eleições.

Olhando para a resposta dos eleitores de cada partido, mais de 90% na Nova Democracia, Potami e PASOK apoiam o euro, enquanto nos Gregos Independente, KKE e Syriza esse apoio está entre os 61% e os 70%. Os apoiantes do dracma no Syriza (26%), KKE (27%) e Gregos Independentes (39%) só são ultrapassados pelos da Aurora Dourada (64%), o único partido onde os eleitores apoiantes do euro estão em minoria. O maior número de indecisos está no KKE e o único partido cujos eleitores não hesitam é a Nova Democracia e os Gregos Independentes.

euro ou dracma jul 2015

euro ou dracma jul 2015

Comentários

comentários