Powered by Jasper Roberts - Blog

Tsipras: “Agora a dívida passa a estar na mesa das negociações”

Alexis Tsipras – 5 julho

Com o ‘Não’ a alcançar uma maioria expressiva no referendo (acima de 62% de votação, quando estão 90% dos votos contados), Alexis Tsipras defendeu que a prioridade será repor a normalidade no funcionamento do sistema financeiro e a estabilidade na economia e ao mesmo tempo voltar à mesa das negociações “com maior força negocial”.

Na declaração após a vitória do ‘Não’ no referendo, o primeiro-ministro grego agradeceu a todos os que votaram, por terem mostrado que “mesmo nas circunstâncias mais difíceis, a democracia não pode ser chantageada”. Tsipras vai juntar os líderes partidários na segunda-feira para preparar a fase seguinte das negociações com os credores. No mesmo dia reunirão Merkel e Hollande em Paris, para definir a sua estratégia após o referendo.

“Hoje não há vencedores nem vencidos. O referendo foi uma grande vitória em si”

“Quero agradecer a cada um de vós. Independentemente de como votaram, esta noite somos um só”, prosseguiu Tsipras num discurso marcado por outros apelos à unidade do país para a fase seguinte das negociações com Bruxelas. “Hoje não há vencedores nem vencidos. O referendo foi uma grande vitória em si”, resumiu Tsipras, salientando a alta taxa de participação.

“Sabemos que não há soluções fáceis. Mas há soluções, soluções viáveis. Assim haja vontade de ambos os lados”, acrescentou o primeiro-ministro, apontando que graças ao referendo e ao relatório do FMI divulgado esta semana, “o tema da nossa dívida vai passar a estar na mesa de negociações”.

Comentários

comentários