Powered by Jasper Roberts - Blog

Tsipras: “Vamos decidir viver com dignidade na Europa”

Alexis Tsipras no comício final do 'Não' a 3 de julho

No comício que encheu a Praça Syntagma, Alexis Tsipras apelou ao voto contra o medo, a chantagem e a divisão. “No domingo, não iremos simplesmente decidir ficar na Europa, vamos decidir viver com dignidade na Europa”, afirmou o primeiro-ministro grego. Veja aqui imagens do comício e o vídeo da intervenção de Tsipras, com dobragem em inglês.

As imagens da praça em frente ao parlamento grego e nas ruas mais próximas mostram que o comício final da campanha pelo ‘Não’ à proposta dos credores juntou dezenas de milhares de pessoas, bem mais do que as recentes manifestações de ambos os lados da campanha.

“Hoje não protestamos, estamos aqui para celebrar a democracia” e a oportunidade de “tomarmos o nosso destino nas nossas mãos“, prosseguiu Tsipras, lembrando que “todos os olhos estão postos na Grécia, na Europa e em todo o planeta”. Por isso, “no domingo iremos mandar uma mensagem de democracia e dignidade à Europa e ao mundo”, garantiu.

“No domingo, não iremos simplesmente decidir ficar na Europa, vamos decidir viver com dignidade na Europa”, afirmou o primeiro-ministro grego. “Por muitas vezes na história da Grécia, o povo rejeitou ultimatos. Vamos mais uma vez, todos juntos, fazer história. Este domingo vamos dar um sonoro e orgulhoso NÃO aos ultimatos”, defendeu Tsipras, apelando aos eleitores gregos que “não deixem a Europa ficar nas mãos dos que querem asfixiar a sua tradição democrática”.

“A Europa que defendemos não tem nada a ver com chantagens e ultimatos” e “ninguém tem o direito de dividir a Europa”, acrescentou, antes de deixar um conselho ao povo grego: “virem as costas aos que vos aterrorizam”. O discurso de Alexis Tsipras fez algumas referências históricas e até mitológicas, como quando afirmou que “os tecnocratas querem raptar a Europa deste país como fez Zeus na mitologia”.

“O nosso povo está a lutar sem espadas nem balas. Ao seu lado há algo mais forte: a Justiça. E vamos vencer”, concluiu Alexis Tsipras no comício de encerramento da campanha do ‘Não’ que também contou com intervenções de dirigentes políticos do Partido da Esquerda Europeia, como a eurodeputada Marisa Matias, do Bloco de Esquerda.

Comentários

comentários