Powered by Jasper Roberts - Blog

Economia grega cresceu mais que o previsto no 2º trimestre

Evolução do PIB da Grécia desde 2000. Fonte: Bloomberg/Joel Lewin/Financial Times

A evolução da economia grega no segundo trimestre deste ano ficou acima das previsões, registando um crescimento de 1.6% em relação ao mesmo trimestre de 2014, graças ao crescimento do consumo. Foi a segunda maior subida do PIB desde 2008, mas ficará comprometida no trimestre seguinte, quando os números refletirem o impacto da asfixia do sistema financeiro.


A economia grega continua a surpreender”, diz o Financial Times após serem conhecidos os números finais do segundo trimestre, que reviram em alta as previsões.

Comparando com o ano anterior, a economia cresceu 1.6% no segundo trimestre, acima do 1.4% previsto. Na comparação com o primeiro trimestre do ano, o crescimento foi de 0.9%, uma décima percentual acima das previsões.

O período em causa foi o último antes da asfixia do sistema bancário provocada pelo BCE e a entrada em vigor do controlo de capitais, cujo impacto só será conhecido com o fecho de contas do terceiro trimestre. “O controlo de capitais e a maior carga fiscal irão pesar na evolução do consumo na segunda metade do ano. Mas estes números darão uma almofada maior ao comportamento da economia no conjunto do ano, com a esperada travagem na atividade económica no segundo semestre”, disse o economista do Banco Nacional grego, Nikos Magginas, à agência Reuters.

Apesar da incerteza do clima económico na altura em que se travava o braço de ferro nas negociações com Bruxelas, o crescimento da economia foi impulsionado pelo consumo interno, que subiu 1.1% em relação ao trimestre anterior. Os números divulgados registam ainda uma queda de 4.9% nas importações e um aumento de 0.1% nas exportações no segundo trimestre deste ano.

Comentários

comentários