Powered by Jasper Roberts - Blog

Parlamento grego elege novo presidente

Nikos Voutsis. Foto Left.gr

O ex-ministro do Interior Nikos Voutsis é hoje eleito presidente do Parlamento. Zoe Konstantopulou entregou o relatório da Comissão de Auditoria à dívida sobre o terceiro memorando minutos antes do início da primeira sessão da nova assembleia. Na segunda-feira terá início uma ronda de três dias de debate das declarações políticas do novo governo.

Duas semanas após as eleições, os 300 deputados gregos tomaram posse no sábado e fizeram os seus juramentos religiosos e/ou políticos. Como é tradição na política grega, o Arcebispo Jerónimo esteve presente a acompanhar os juramentos feitos sobre a Bíblia. Um deputado do Syriza e outro do Potami fizeram o seu juramento sobre o Corão. E muitos outros optaram apenas pelo juramento político. O parlamento agora empossado recuou na representação feminina, com apenas 59 deputadas (menos 10 do que as eleitas em janeiro).

Domingo é o dia da eleição do novo presidente do parlamento, com o ex-ministro Nikos Voutsis a ser indicado pelo Syriza, de cuja direção faz parte desde a fundação. Voutsis foi um dos responsáveis pelo recrutamento de Alexis Tsipras para o partido Synaspismos durante as lutas estudantis dos anos 90.

Minutos antes do início da sessão no domingo de manhã, a presidente cessante entregou as conclusões da Comissão de Auditoria à Dívida sobre o terceiro memorando aprovado no parlamento no mês passado. Nas 20 páginas do documento pode ler-se que “o terceiro memorando baseia-se nos mesmos pressupostos dos dois primeiros” e está igualmente condenado ao fracasso, deixando a dívida ainda mais insustentável”.

Na segunda-feira tem início a apresentação do programa de governo, com o primeiro dia a contar com Alexis Tsipras no centro do debate. Os seus ministros apresentam as políticas sectoriais na terça e quarta, estando prevista para a meia noite a votação global de confiança, com voto nominal.

Comentários

comentários