Powered by Jasper Roberts - Blog

Subornos nos negócios militares resultam em prisão perpétua

Foto www.stockmonkeys.com

A justiça grega teve mão pesada na condenação de três ex-responsáveis pelas aquisições de material militar. Um foi condenado a prisão perpétua e os outros dois a 20 e 25 anos de prisão, respetivamente.


A decisão do tribunal foi conhecida esta segunda-feira e os três acusados de corrupção no negócio de aquisição de um sistema de comunicações militares foram condenados a duras penas de prisão.

O antigo chefe de aquisições do Ministério da Defesa, Yiannis Sbokos, foi condenado a prisão perpétua, enquanto o seu adjunto Antonis Kantas irá cumprir 25 anos de prisão. A pena mais leve foi para outro alto funcionário daquele departamento, Nikos Leontaritis, condenado a 20 anos de cadeia.

Os três funcionários agora condenados por receberem milhões de euros em subornos ainda podem recorrer da decisão. O ministro da Defesa da altura, no período entre 1996 e 2001, era Akis Tsochatzopoulos, atualmente a cumprir pena na prisão de alta segurança de Korydallos por branqueamento de capitais. O ex-ministro também era acusado neste caso, mas a lei permitiu a prescrição do crime.

Comentários

comentários