Powered by Jasper Roberts - Blog

Greve geral volta a paralisar serviços públicos

Greve geral em Atenas. Foto Katja Lihtenvalner/Twiter

As principais centrais sindicais gregas organizaram esta quinta-feira nova greve geral contra as medidas inscritas no memorando e no orçamento que será aprovado no sábado. Veja aqui as imagens da manifestação em Atenas.


Os trabalhadores gregos voltaram a protestar contra as medidas de austeridade do terceiro memorando, com destaque para a mudança no sistema da Segurança Social que o governo prepara para as próximas semanas e faz parte dos compromissos assumidos com os credores.

A última greve geral, também promovida pelas centrais sindicais ADEDY, GSEE e PAME, tinha ocorrido no passado dia 13 de novembro. Menos de um mês depois, os serviços públicos como as escolas e tribunais voltaram a encerrar, os hospitais funcionaram em serviços mínimos e as redes de transporte terrestre e marítimo paralisaram, tendo sido cancelados vários voos domésticos. Na quarta-feira foram os jornalistas a cumprir 24h de greve.

Tsipras apoia greve e aponta hipocrisia dos sindicatos que defenderam o ‘Sim’ no referendo de julho

Tal como na anterior greve geral, o Syriza voltou a apelar à participação massiva da sociedade, com o próprio Alexis Tsipras a defender o protesto como forma de reforçar o poder negocial do governo junto dos credores para defender as pensões. O líder do Syriza não resistiu a apontar a “hipocrisia” de alguns sindicatos – como a central GSEE – que participou em iniciativas pelo “Sim” no referendo de julho, defendendo a aceitação de um acordo que incluía medidas bem mais gravosas para os trabalhadores gregos do que as que agora contestam.

As manifestações de hoje no centro de Atenas juntaram milhares de pessoas e o infoGrécia divulga aqui algumas das imagens publicadas no Twiter:

Comentários

comentários