Powered by Jasper Roberts - Blog

Tsipras faz balanço de um ano de batalhas

Alexis Tsipras no comício de um ano de mandato.

Num comício em Atenas com milhares de apoiantes, Alexis Tsipras assinalou um ano do governo do Syriza e prometeu continuar a lutar contra a oligarquia que levou o país ao abismo.


 

O primeiro-ministro e líder do Syriza destacou a luta contra a oligarquia política grega e prometeu que “não iremos ficar reféns dos extorsionistas e grupos de interesses” que dominaram a paisagem política do país nas últimas décadas.

Num comício para assinalar o primeiro aniversário da tomada de posse do governo, Tsipras destacou o apoio do povo grego em três atos eleitorais em menos de um ano, que permitiu vencer as armadilhas colocadas ao seu governo e impediu o regresso à “arbitrariedade” do velho sistema.

O líder do Syriza diz ter assumido uma responsabilidade histórica para a esquerda europeia e internacional, lembrando a eleição de um governo progressista em Portugal e as boas notícias que chegam de Espanha, com a hipótese de formação de um governo apoiado pelos partidos de esquerda.

No seu discurso, Tsipras apontou baterias ao novo líder da oposição, que fora responsável pela pasta da modernização administrativa no governo de Samaras, e agora se manifesta contra a reforma da administração pública que acaba com as nomeações políticas para altos cargos da administração. E desafiou Mitsotakis a dizer se estará ao lado das manifestações ou do FMI nas negociações que prosseguem com os credores.

Os sindicatos e confederações agrícolas que apoiaram o ‘Sim’ no referendo de julho – e que agora se manifestam nas ruas contra medidas menos duras do que as previstas na proposta que então apoiavam – também não escaparam às críticas de Alexis Tsipras.

Comentários

comentários