Powered by Jasper Roberts - Blog

Começou a devolução de refugiados à Turquia

Refugiados e agentes do Frontex no ferry de volta para a Turquia.

136 refugiados e migrantes e outros tantos polícias do Frontex partiram esta segunda-feira das ilhas gregas para a Turquia. Mas só este fim de semana chegaram à Grécia mais 1382 refugiados.


As devoluções previstas no acordo UE/Turquia tiveram início esta segunda-feira, com a partida da ilha de Lesbos de dois barcos com 136 refugiados e 136 polícias do Frontex. Quase todos os deportados são originários do Paquistão, contando-se igualmente 4 do Sri Lanka, 2 da Índia, 3 do Bangladesh, 2 da Síria e 1 do Iraque. Estas deportações devem afetar 750 pessoas que não tenham pedido asilo ou cujo pedido tenha sido recusado.

Entretanto, a porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, que se opõe ao acordo UE/Turquia, afirmou que “o ACNUR teve acesso sem restrições e organizou sessões de esclarecimento com a população devolvida, explicando os seus direitos e procedimentos para requerer asilo”.

As ilhas gregas começam a encher-se de elementos ao serviço do Frontex e já ocupam boa parte da capacidade hoteleira. Entre eles estão três dezenas de elementos do SEF português, que já chegaram a Lesbos.

Refugiados voltam a manifestar-se junto à fronteira

Cerca de uma centena de refugiados bloquearam esta segunda-feira a estrada que conduz à fronteira com a antiga república jugoslava da Macedónia (FYROM), em protesto contra o encerramento da fronteira.

Na área junto à cidade de Idomeni continua a existir um acampamento com milhares de refugiados e outro surgiu mais a sul, junto à uma estação de serviço nos arredores de Polykastro.

Comentários

comentários