Powered by Jasper Roberts - Blog

Governo prepara alteração ao sistema eleitoral

Rnder da guarda no parlamento grego. Foto Patrick Meier/Flickr

Alexis Tsipras vai apresentar ao país uma proposta de revisão constitucional a 24 de julho, dia em que passam 42 anos da queda da ditadura dos coronéis. A reforma do sistema eleitoral para acentuar a proporcionalidade é uma das propostas em cima da mesa.


A reforma do sistema eleitoral grego foi uma das promessas do programa eleitoral do Syriza em janeiro de 2015 e pode avançar este verão no quadro da revisão constitucional. Atualmente, o partido mais votado recebe um bónus de 50 deputados, uma forma de facilitar maiorias no parlamento distorcendo a representação parlamentar saída das urnas.

O anúncio do arranque do processo de revisão foi feito esta segunda-feira pelos ministros do Interior e do Trabalho, à saída da reunião do governo. “O objetivo é implementar mudanças radicais. Convidámos um grupo de especialistas para examinar a proposta até dia 20 de julho”, disse aos jornalistas o ministro Panagiotis Kouroumblis.

Por seu lado, Giorgos Katrougalos adiantou que o diálogo a ter lugar até essa data irá envolver toda a sociedade e não apenas os políticos, com o objetivo de criar uma “Constituição dos Cidadãos”. O jornal Avgi, próximo do Syriza, adianta que entre os temas a tratar por esta revisão estão também os referendos e a redefinição das relações entre a Igreja e o Estado.

Comentários

comentários